Archive | Bodas RSS feed for this section

Feriados 2015

15 Jan

12526_640231949423984_4764887423749351856_n

Olá pessoal!

20 mil dias depois do último post, eis que volto!

Eita que 2014 foi um ano intenso para mim. Meu bebê nasceu e tivemos lindíssimos casamentos.

Não vou prometer que o blog estará sempre em dia, pois tenho muita coisa para colocar aqui ainda. Muitas matérias boas, muitos casamentos…

Para quem quer casar este ano e ainda não escolheu a data, é bom dar uma olhadinha nos feriados nacionais (e também os da sua região).

Os nacionais eu trago hoje para vocês:

01/01 – Confraternização Universal – QUINTA-FEIRA

17/02 – Carnaval – TERÇA-FEIRA

03/04 – Sexta-feira da Paixão – SEXTA-FEIRA

21/04 – Tiradentes – TERÇA-FEIRA

01/05 – Dia do Trabalho – SEXTA-FEIRA

04/06 – Corpus Christi – QUINTA-FEIRA

07/09 – Independência do Brasil – SEGUNDA-FEIRA

12/10 – Dia de N.S. Aparecida – SEGUNDA-FEIRA

02/11 – Finados – SEGUNDA-FEIRA

15/11 – Proclamação da República – DOMINGO

25/12 – Natal – SEXTA-FEIRA

01/01/16 – Confraternização Universal – SEXTA-FEIRA

Beijos e um Ano Novo de muita, paz, amor e sucesso para todos nós e para os nossos próximos.

15 razões para você NÃO contratar uma Assessoria para o seu casamento.

28 May

Post enviado pela Dê, uma das minhas noivinhas!

Fonte: Perfeitas Ocasiões

xxx

Você não se importa nem um pouco em descobrir com poucos dias de antecedência do seu casamento que não tem fornecedor disso ou daquilo e que você nem se lembrava dele (sem ele o seu casamento até sai, mas você vai ficar, por exemplo, sem fotos, sem música, sem microfones para o celebrante).

♥Você não se importa nem um pouco de ter contratado flores/decoração na cor burgundy e encontrar flores/decoração na cor amarela e laranja que você não ama. Ou que a caixinha de música da sua bisavó que você, com carinho, deseja que esteja presente na decoração simplesmente ficou de fora do projeto durante a montagem.
♥Você não se importa nem um pouco de ter fornecedores que chegam com atraso ou que saem antes do estipulado ou que simplesmente não vão.
♥Você não se importa nem pouco que o número de bebidas não seja o mesmo que o contratado. E nem que sirva “Sang d’ boááá” ao invés do vinho Pata Negra.
♥Você não se importa que seu noivo não tenha as flores na lapela (“o que é isso mesmo”?) ou que os padrinhos estejam deslocados no altar.
♥Você não se importa nem um pouco que a música da sua entrada toque no cortejo junto com a entrada das suas daminhas e vc ter que entrar na Igreja com a música “Aquarela” do toquinho.
♥Você não se importa de ficar perdida na hora dos cumprimentos ou se ver carregando um monte de presentes enquanto agradece. Ou ainda ficar dançando com a cauda do seu vestido na mão.
♥Você não se importa nem um pouco em ver que os brindes que comprou para ser entregues na pista, as havaianas, as sapatilhas, não foram (ou sumiram em parte) porque a assessoria do buffet ou da casa não tem obrigação de dá-los ou não tem o mesmo cuidado com você e o seu casamento por ser “mais um casamento no local tal”.
♥Você não se importa nem um pouco em ter que ficar guardando os seus pertences (bolsa, documentos) durante a cerimônia e festa.
♥Você não se importa nem um pouco daquele amigo do noivo se pendurar no lustre, ou “para agitar a festa” acionar o extintor de incêndio em todos os seus convidados, em você e em sua mesa de doces.
♥Você não se importa nem um pouco em impedir que aquela sua prima que sempre fica bêbada e dá “show nas baladas” queira derrubar/abraçar/comer o bolo porque ele é o melhor amigo dela.
♥Você não se importa nem um pouco de não ter organizada a dança com seu pai, ou a primeira dança do casal.
♥Você não se importa nem um pouco em ter que pagar hora extra dos fornecedores que ultrapassaram o tempo.
♥Você não se importa em investir muito dinheiro em uma noite e vivenciar situações desagradáveis que poderiam ser evitadas com o trabalho e a eficiência de uma boa equipe de assessoria.
♥Você não se importa nem um pouco de ver a sua noiva, toda descabelada  chorando horrores e dizendo que seu casamento ser um fracasso.
xx
Bem, eu espero que sim, que você se importe muito com essas 15 razões. E eu espero que você e seu noivo, assim como seus familiares, estejam certos e seguros sobre a importância de você contratar uma boa assessoria para o seu casamento. E que seu casamento seja lindo e perfeito como você sempre quis.

Conte comigo!!!
Minha colega mandou muito bem. Fiquei feliz com o texto dela. É muito comum as pessoas não darem valor ou a importância devida ao nosso trabalho. Ter um bom profissional é, sim, fundamental para que seu grande dia não vá por água a baixo.

Assessora de casamento, a fada madrinha das noivas

19 Feb

Love Love Assessoria

Casar não é uma tarefa fácil. Curtir cada preparativo é bem gostoso, mas muito longe de ser fácil. São muitos detalhes importantes que precisam de atenção, critério e conversas sinceras entre noivos. Antes do sim, é preciso definir cardápio, buffet, igreja (caso haja), local da cerimônia, padrinhos, tipo de festa, orçamento, traje e mais uma lista que parece nunca acabar. É por isso que muitas noivas preferem contratar um serviço especializado na promoção desse evento, que exige muita dedicação e trabalho impecável. Pode parecer luxo, mas ter uma assessora de casamento por perto pode ajudar a evitar desgastes e brigas entre o casal. Acredite, vale cada centavo!

(veja a matéria na íntegra, clicando AQUI)

Segundo uma de nossas colegas de trabalho:

Qual o papel das assessora de casamento?
Esse profissional tem como função facilitar a organização do evento, esclarecer dúvidas e prever possíveis falhas. Dependendo do tipo relação estabelecida entre profissional e o cliente, a função pode ultrapassar essa barreira da atividade técnica e também ser uma espécie de aconselhador para tranquilizar e trazer o cliente para a realidade da sua festa.

O que a assessora de casamento não faz, mas que muitas pessoas confundem?
Não somos babás e nem psicólogas. Não da para pegar na mão da cliente e dizer: “você precisa resolver isso!”. E nem ficar tentando desvendar confusões de relacionamento entre mãe e noivo. Isso também é muito relativo, dependendo de como as situações de formam e como as pessoas reagem às coisas, são facilmente resolvidas com um olhar de alguém que esta de fora. No entanto, se for algo muito complicado não nos cabe tentar resolver e sim cobrar uma decisão o mais rápido possível.

Qual a vantagem em contratar uma assessora de casamento?
Experiência, contatos e descontos.

Quais os serviços que a assessoria fornece e como funciona cada um?
Isso depende de cada empresa e de cada profissional. Para mim existem três tipos: simples, parcial e completo. O primeiro (simples) trata-se de uma assessoria para o dia do evento. O cliente passa tudo o que foi contrato e o profissional coordenada toda montagem e andamento do evento.

O segundo (parcial) trata-se do acompanhamento em alguns serviços que o cliente pode se sentir inseguro para contratar sozinho. Soma-se a esse serviço, a coordenação da montagem e andamento do evento.

O último (completo) é o acompanhamento total em todos as etapas. Nessa categoria, o profissional envolve-se mais com o cliente e passa a conhecer seus gostos. Ele dá dicas de decoração, solicita e negocia orçamento, marca reuniões. Enfim, procura facilitar ao máximo a fase um tanto estressante da organização do evento.

Quanto tempo antes do casamento pode contratar a assessoria?
Isso é relativo. Todos sabem que se você quer um profissional para ajudar na organização o melhor é fazê-lo com bastante antecedência. Um ano antes é um tempo perfeito para isso. No entanto isso, depende do cliente e do desembolso dele. Se ele começar com antecedência sabe que terá mais tempo para diluir as despesas, se começar com pouco tempo precisará desembolsar uma quantia grande em pouco tempo.

O que é necessário conversar com a assessoria antes de fechar contrato?
É preciso que ambas as partes deixem claro o que fazem e o que esperam. Isso para inclusive ser colocado no contrato.

Quais direitos e deveres de noiva e assessora?
Deveres da noiva: ser objetiva, escolher, decidir e pagar.
Deveres da assessora: agilizar, facilitar, esclarecer e apoiar.
Direitos da noiva: sonhar e ter o sonho realizado.
Direitos da assessora: ter suas atividades pessoais respeitadas.

Como identificar um profissional de qualidade?
Currículo – Isso pode não dizer muito no final das contas, mas é importante saber que o profissional tem conhecimento técnico e não só empírico.
Experiência – O tempo e quantos eventos já realizou é importante para saber que é responsável e que as pessoas aceitam bem se trabalho.
Referencias – É importante procurar saber que tipo de evento já fez e como se saiu neles com os outros clientes.

Quais são suas dicas para as noivas?
Sejam informadas, busquem pela qualidade e melhor relação “custo x beneficio”.

Quais são os principais “erros” dos noivos ao planejar o casamento?
Sonho e orçamento nunca estão alinhados. Sempre pensam em uma festa com o custo mais alto do que estão disponibilizando. Por isso, é bom ter tempo para organizar e procurar informações de quanto realmente custa o que querem. Levando sempre em consideração o tempo. Um evento realizado há dois anos certamente custou mais barato do que um evento que será realizado no próximo ano.

Os valores das assessorias dependem de uma série de fatores: empresa contratada, cidade em que a festa será realizada, número de convidados, estilo do casamento e quantidade de pessoas envolvidas na organização do evento.

Calendário de Bodas

6 Feb

Quando estamos para casar sempre fazemos uma contagem regressiva.

E depois de casados? Vêm os aniversários, oras.

Hoje trago para vocês o Calendário de Bodas completinho, que consultei no site Que Dia é Hoje?

Vale anotar, afinal queremos que vocês passem por todos essas bodas! E, claro, se forem fazer uma renovação de votos, podem contar com a nossa Assessoria!

1 ano

Bodas de Papel

51 anos

Bodas de Bronze

2 anos

Bodas de Algodão

52 anos

Bodas de Argila

3 anos

Bodas de Trigo ou Couro

53 anos

Bodas de Antimônio

4 anos

Bodas de Flores e Frutas ou Cera

54 anos

Bodas de Níquel

5 anos

Bodas de Madeira ou Ferro

55 anos

Bodas de Ametista

6 anos

Bodas de Perfume ou Açúcar

56 anos

Bodas de Malaquita

7 anos

Bodas de Latão ou Lã

57 anos

Bodas de Lápis Lazuli

8 anos

Bodas de Papoula ou Barro

58 anos

Bodas de Vidro

9 anos

Bodas de Cerâmica ou Vime

59 anos

Bodas de Cereja

10 anos

Bodas de Estanho ou Zinco

60 anos

Bodas de Diamante ou Jade

11 anos

Bodas de Aço

61 anos

Bodas de Cobre

12 anos

Bodas de Seda ou Onix

62 anos

Bodas de Telurita

13 anos

Bodas de Linho ou Renda

63 anos

Bodas de Sândalo

14 anos

Bodas de Marfim

64 anos

Bodas de Fabulita

15 anos

Bodas de Cristal

65 anos

Bodas de Ferro ou Safira

16 anos

Bodas de Safira ou Turmalina

66 anos

Bodas de Ébano

17 anos

Bodas de Rosa

67 anos

Bodas de Neve

18 anos

Bodas de Turquesa

68 anos

Bodas de Chumbo

19 anos

Bodas de Cretone ou Água Marinha

69 anos

Bodas de Mercúrio

20 anos

Bodas de Porcelana

70 anos

Bodas de Vinho

21 anos

Bodas de Zircão

71 anos

Zinco

22 anos

Bodas de Louça

72 anos

Aveia

23 anos

Bodas de Palha

73 anos

Manjerona

24 anos

Bodas de Opala

74 anos

Macieira

25 anos

Bodas de Prata

75 anos

Bodas de Brilhante ou Alabastre

26 anos

Bodas de Alexandrita

76 anos

Cipestre

27 anos

Bodas de Crisopázio

77 anos

Alfazema

28 anos

Bodas de Hematita

78 anos

Benjoim

29 anos

Bodas de Erva

79 anos

Café

30 anos

Bodas de Pérola

80 anos

Bodas de Nogueira ou Carvalho

31 anos

Bodas de Nácar

81 anos

Cacau

32 anos

Bodas de Pinho

82 anos

Cravo

33 anos

Bodas de Crizo

83 anos

Begônia

34 anos

Bodas de Oliveira

84 anos

Crisântemo

35 anos

Bodas de Coral

85 anos

Girassol

36 anos

Bodas de Cedro

86 anos

Hortênsia

37 anos

Bodas de Aventurina

87 anos

Nogueira

38 anos

Bodas de Carvalho

88 anos

Pêra

39 anos

Bodas de Mármore

89 anos

Figueira

40 anos

Bodas de Rubi ou Esmeralda

90 anos

Álamo

41 anos

Bodas de Seda

91 anos

Pinheiro

42 anos

Bodas de Prata Dourada

92 anos

Salgueiro

43 anos

Bodas de Azeriche

93 anos

Imbuia

44 anos

Bodas de Carbonato

94 anos

Palmeira

45 anos

Bodas de Platina ou Safira

95 anos

Sândalo

46 anos

Bodas de Alabastro

96 anos

Oliveira

47 anos

Bodas de Jaspe

97 anos

Abeto

48 anos

Bodas de Granito

98 anos

Pinheiro

49 anos

Bodas de Heliotrópio

99 anos

Salgueiro

50 anos

Bodas de Ouro

100 anos

Jequitibá

Quero eu, ter saúde para chegar até as Bodas de Safira com meu querido!

533704_485397454825500_120421013_n

Fornecedores – Quando contratar Assessoria?

14 Jan

emessina07

(imagem: Elizabeth Messina)

É muito importante contratar seu fornecedor em tempo hábil, para que ele possa te entregar um bom trabalho.

♥♥♥

Para a Assessoria do Dia, o ideal é que você contrate com até um mês antes do casamento, para que haja tempo da sua assessora conhecer vocês e pegar todas as informações necessárias para cuidar do seu casório, com todo o capricho e profissionalismo do mundo.

♥♥♥

Para a Assessoria Completa, o ideal é que sua assessora seja contratada até um ano da data do casamento. Mas por que tanta antecedência? Para que vocês tenham tempo de levantar todos os itens do casamento, contratar os fornecedores necessários e para que haja tempo de vocês acertarem com os fornecedores, pois assim os gastos não ficam acumulados em um curto período de tempo, o que pode comprometer os demais gastos da vida do casal.

♥♥♥

Dears, estas datas são um embasamento apenas. Claro, dependendo da sua urgência e da disponibilidade da sua assessora, estas podem ser alteradas para mais ou menos meses / dia.

Decidimos casar. Por onde começar?

11 Jan

E de repente, aquele dia tão sonhado chegou: ELE TE PEDIU EM CASAMENTO!!!

ispi036145-001 (1)

Ok, pode ter sido ao contrário. Ou que seja o jeito que esse dia chegou. Mas ele chegou e é isso o que importa!

Vocês começam a imaginar como será o Grande Dia, o que vocês gostam, o que não gostam, o que vai ter e o que não pode ter de jeito nenhum.

Quando se dão conta, a lista de itens e detalhes é imensa! E vêm as dúvidas: será que não esquecemos de nada? Por onde começar? Quem convidar? Quem contratar?

anxious-bride

E começam as pesquisas, os pedidos de indicação… e vai ter a amiga que vai te assustar com uma terrível história de casamento onde tudo deu errado… e vai ter a outra amiga apaixonada que teve o dia perfeito, com tudo funcionando exatamente como deveria ser…

E você, noiva (muito provavelmente o noivo não ficará tão preocupado assim, rs), começa a ser tomada de um pavor, um medo de as coisas darem errado.

Mas acalme-se! Tudo vai dar certo, se vocês tomarem as decisões corretas.

A melhor maneira de ter um casamento dos sonhos, sem dores de cabeça, é começar pesquisando a empresa de assessoria e cerimonial que cuidará dos detalhes para vocês. Mas por que contratar uma empresa de assessoria?

A assessora está por dentro do mundo casamenteiro e te colocará em contato com os fornecedores ideais para o perfil do casal.

Ela cuidará para que vocês não gastem além do planejado. E não tem como, meuzamô. As noivas se empolgam sim, e acabam gastando além do que poderiam, o que pode prejudicar todo um ciclo de mudanças no atual momento do casal.

Afinal, a maioria dos casais preparam o casamento junto com outras grandes mudanças na vida, como a aquisição da casa própria, obras e reformas, mudanças de bairro, cidade, estado, país… ai que loucura. E, além disso, ainda tem o trabalho, que consome 1/3 das nossas 24horas diárias, o trânsito (quem mora em São Paulo sabe o quanto se deixa de viver quando estamos parados no meio do mar de automóveis), a família, que não pode ser deixado de lado, a nossa santa e eterna dieta (sim, a maioria das noivas decidem fazer aquela dieta para se casarem magras e elegantes).

Como fazer tudo isso sem chegar no dia do seu casamento exausta?

Concordam que é mais que importante ter  alguém em quem você possa confiar, que pode te indicar ótimos fornecedores, que consegue negociar aquele descontão para você, que vai até onde você estiver para realizar as reuniões, que analisa todos os contratos antes de você assinar (isso pode prevenir uma futura dor de cabeça aos noivos).

E essa pessoa ainda vai estar lá, no seu grande  dia, com os seus contratos em mãos, analisando se cada item está sendo entregue conforme o contratado, se a comida servida está quentinha e se as bebidas estão geladas, que vai conferir se todos os seus convidados estão sendo bem servidos, se o DJ/banda estão com o repertório correto, se a quantidade extra de pessoas que o buffet está te cobrando está correto, se todos os fornecedores estão devidamente alinhados…

E tem muito mais… Essa pessoa ainda cuidará para que todos os imprevistos sejam resolvidos com sutileza (sim, eles acontecem!), vai estar à sua disposição, te orientando quanto ao cronograma, para que vocês consigam fazer tudo o que planejaram para este dia tão importante e tão especial.

Não é confortável pensar que todos os meses de preparo (em muitos casos, chegam a anos de preparo) e que todo o dinheiro investido possam ir pelo ralo, e que as expectativas serão frustradas e o sonho pode virar um pesadelo.

Infelizmente a verdade é que o mundo casamenteiro está rodeado por maus fornecedores, de todos os tipos de produtos e serviços, que enxergam seus clientes como simples somas de dinheiro. Esses maus fornecedores são os que fazem o sonho de qualquer um virar um pesadelo.

Uma assessora de confiança vai colocar vocês no rumo certo e, se ela for boa mesmo, a única preocupação de vocês será a de dizer sim e curtir esse novo capítulo da vida do casal.

Dia D – Experiências de outras noivas

9 Sep

bridezilla

Há 14 meses e dois dias do meu casamento, fico imaginando o que farei no DIA D.
Como será meu dia?

Em conversas descontraídas com amigas recém-casadas e algumas noivas minhas, me surpreendi com o relato unânime delas: “quando a festa acabou, eu estava detonada”.
Pensei: QUE BOM!
Mas esse “detonada” teve para algumas um sentido bom e, para outras um sentido de alívio.
Todas elas se casaram a noite. Daí o dia foi carregadíssimo de coisas para fazer e, a noite, a cerimônia e festa.
Elas se planejaram com antecedência e tudo mais. Mas o estresse que passaram ao percorrer o caminho de “preparação” do casório fez com que, após a festa, viesse aquela sensação de DEVER CUMPRIDO.

A descrição “DETONADA”, em geral, veio do estresse e energia gasta com:

01 – Fechar buffet
Elas correram, pesquisaram, provaram um milhão de comidas, brigaram por um ou outro item que não queriam e acabaram fechando com o buffet que mais atendesse as necessidades de cada uma.

02 – Conseguir conciliar data da igreja com o salão
Foi difícil, pois ou o salão não tinha aquela data ou a igreja não tinha. Casar igreja e salão foi uma das tarefas que mais tiraram o sono das noivas.

03 – Negociar fotografia
É uma chorando um descontinho daqui, outra batendo perna e pechinchando loucamente, outra procurando referências com medo de tomar um bolo do fotógrafo – ou ter fotos horrendas no album.

04 – A casa que não ficou pronta a tempo
Apenas uma delas teve a casa entregue a tempo, mas ainda assim bem depois do prazo estipulado. O que acarretou em ter que conciliar trabalho novo + preparativos do casamento + reforma do apê.
As outras duas, coitadas, ainda estão sem suas queridas casinhas, mesmo depois de 7 meses após os respectivos casamentos. Aí tem que correr atrás de aluguel – despesa extra, já que contavam com a entrega dos apês na data estipulada – que anda muito barato aqui pelos lados de São Paulo (leia este pedaço em tom irônico).

05 – Driblar as imposições de mãe e sogra
Acredito que essa parte foi a mais cansativa de todas para as duas que tiveram esse problema.
De um lado a sogra palpitando, reclamando, criticando. Do outro, a mãe querendo impor os sonhos dela.
Isso eu já cortei no meu: nem mãe nem sogra vão palpitar em nada. Só se eu pedir opinião. Se não, não quero que se metam. Afinal, poxa vida, o casamento é meu. Elas já se casaram, já tiveram a vez delas… Agora é a minha vez e eu quero do meu jeito.
Uma das noivinhas, me relatou que, acabada a festa, chegando ao hotel, tomou um banho, desmanchou o cabelo, caiu na cama e no choro. De alívio. De tanta treta que deu este pedaço da história. Foi artista para manter ainda alguma coisa do casamento dela sem que a mãe e a sogra metesse o bedelho.

06 – Contas, contas e mais contas após o DIA D
Para atender alguns caprichos de mães e sogras, elas acabaram gastando um pouco além do que se programaram com seus respectivos maridos.
O que aconteceu? MAIS DINHEIRO SAIU DO BOLSO. MAIS DINHEIRO FALTOU no começo da vida a dois.
Aí tiveram que adiar alguns planos, como fazer um ou outro passeio mais carinho na lua-de-mel, deixar para comprar móveis depois de passada a fase de corda no pescoço, pagar juros de atrasos de pagamento de cartões de crédito, por não ter a bufunfa guardada anteriormente.

Por isso, eu digo e repito: se planejem. Não saiam do que foi planejado.
Opinar, todo mundo quer. Mas depois, isso pode ter um reflexo muito ruim na conta bancária de vocês após o tão sonhado dia.
Claro, ceder um pouquinho, atender um capricho baratinho, pode. Não vai ser isso que vai te empobrecer. Mas tenham conversas claras e francas com os parentes envolvidos, principalmente as mães e sogras. Negociem os itens que elas “fizerem questão”.
Muitas vezes, elas podem entender o objetivo maior de vocês, que é casar sem dívidas e, quem sabe, ceder ou dar aquela ajudinha.

Para o caso do cansaço com os preparativos, é assim mesmo. Para minimizar as dores de cabeça e agilizar os preparativos, temos a nossa ASSESSORIA COMPLETA, que está aí para isso: vocês curtem e a parte de pesquisas e dores de cabeça ficam com a gente!

Beijos!

Decidimos casar. E agora? Por onde começar?

2 Sep

Tem ordem certa para se começar a planejar e correr atrás das coisas do casamento?

Depende. Depende do quanto vocês têm para gastar e o tempo até a data do casamento.

No nosso caso, optamos por primeiro procurar um lar-doce-lar. Decidimos comprar ao invés de alugar.

Coincidentemente, encontramos um lugar muito legal (e igualmente pequeno), perto da casa da minha mãe. Compramos na planta – o que facilita um pouco na hora de pagar.

Casa encomendada e já podíamos escolher a data do casório.

Após muitas e muitas contas, projeções de economia e dos gastos do casório, decidimos que não daria para casar assim que entregassem a casa – a data prometida é nesse fim de ano.

Não queremos casar com muitas dívidas. Seria impossível casar sem elas, mas quanto menos, melhor!

Pelas nossas contas, vimos que apenas poderíamos casar a partir do fim do ano que vem, para não ter que casar enforcados de tanta dívida.

O namorado pegou o calendário e escolheu a data: 10/11/2012. Eu só fiz questão que fosse na primavera. É a estação do ano que mais gosto – o mundo fica mais colorido, bonito e alegre.

E a partir daí começamos a correr atrás das coisas.

As nossas escolhas não giram em torno de que tudo tem que ser o mais barato. Quanto mais barato, melhor. Claro. Mas tem uma série de coisinhas que eu não quero abrir mão e, por conta disso, vou ter que fazer uma economia forçada de outro lado.

Estou bem atrasada com os preparativos, considerando todo o tempo que já se passou e eu não aproveitei.

Umas inspirações para casamento de dia – EU AMO!!!!!!!!

(Crédito: Style me pretty)malibu-wedding-6

A busca pelo casamento perfeito para seu bolso

1 Sep

wedding41Este é um blog de assessoria e cerimonial em eventos, com foco em casamentos.

Estamos aqui para te ajudar com o seu casamento, desde o planejamento, e como não se endividar com os preços abusivos que este “mercado” impõe. Aqui você encontrará assuntos como: os preparativos para o Grande Dia, inspirações de decoração e vestidos, ideias para economizar, o que fazer,o que não fazer, etiqueta, o orçamento e as finanças dos noivos e como não iniciar a vida a dois com a corda no pescoço.

Sobre mim:

Cynthia, 25 anos, contadora formada que trabalhou (desde o primeiro estágio) com planejamento e controle orçamentário. Há um ano planejando o casamento, decidiu largar tudo e entrar no mundo de casamentos de cabeça, com um projeto bacana de assessoria e cerimonial.

O objetivo:

Dividir com vocês experiências, inspirações, cuidados financeiros e, também, minha experiência como noiva.

Minha meta como noiva:

Começar a nossa vida a dois sem dívidas e com alguma grana guardada (para os primeiros meses de casados). Para isso, teremos que planejar, poupar a bufunfa, negociar condições de pagamento e descontos para pagamentos a vista e bater muita perna nas pesquisas.

Sejam bem-vindas, e sintam-se a vontade para mandar sugestões.